ÓCULOS CONTRA O ENJOO!

A Citroën lançou os SEETROËN, os primeiros óculos que eliminam o enjoo em viagem. O novo dispositivo não evita os adornar das viaturas ou as oscilações na estrada, mas soluciona as mais típicas situações de enjoo a bordo. Designada de “cinetose”, esta doença afecta, de forma crónica, mais de 30 milhões de europeus - uma em cada três pessoas já desenvolveu os sintomas pelo menos uma vez na vida. Tendo descoberto uma solução inicialmente desenvolvida para a marinha, a Citroën alargou a sua disponibilização a todos, nos barcos, nos automóveis ou nos aviões, com a criação dos óculos SEETROËN.

Os óculos SEETROËN utilizam a tecnologia Boarding Ring, desenvolvida por uma start-up francesa instalada na região do Var. Este dispositivo paramédico, patenteado e testado, apresenta uma taxa de sucesso de 95%.

Graças ao líquido em movimento nos anéis dispostos em redor dos olhos, no sentido frontal (direita/esquerda), mas também no sentido sagital, (à frente/atrás), os óculos recriam a linha do horizonte, solucionando o conflito que dá origem à doença.

A Citroën entregou o design dos SEETROËN aos criativos do 5.5, um estúdio de design colectivo. O resultado consiste num par de óculos com um “look hi-tech”, em plástico e suave ao toque.

Como funciona?

Colocar os óculos assim que surgem os primeiros sintomas. Ao fim de 10 a 12 minutos, o dispositivo faz com que a mente volte a sincronizar-se com o movimento percebido pelo ouvido interno, assim que os olhos se fixem num objecto imóvel, como um smartphone ou um livro.

Retirar os óculos e desfrutar do resto da viagem.

O dispositivo pode ser utilizado por adultos e crianças a partir dos 10 anos (a idade em que o ouvido interno atinge o seu nível máximo de crescimento). Os óculos não possuem lentes e podem, por isso, ser partilhados por todos os membros da família e companheiros de viagem. Podem, ainda, ser colocados por cima de óculos normais.

Os óculos SEETROËN estão à venda na boutique lifestyle da marca (aqui: https://lifestyle.citroen.com/)por 99 euros.